DICAS IMPORTANTES PARA SE PLANEJAR FINANCEIRAMENTE E SAIR DO VERMELHO EM 2016

O SPC Brasil não traz boas lembranças para muitas pessoas, no entanto, a instituição tem dicas valiosas para o consumidor se planejar adequadamente e sair do vermelho em 2016.

Vale a pena dar uma atenção especial às orientações, pois podem iluminar sua vida financeira e ajudar a sair do sufoco.

Segundo dados do SPC, quase 40% da população adulta está com o CPF restrito por causa de dívidas.

Isso é muito sério! 40% da população adulta somam mais de 44 milhões de pessoas.

Esse dado reforça a importância do planejamento financeiro na vida de todos.

Por mais que o assunto seja constantemente abordado neste blog, nunca será suficiente devido à sua relevância.

Assim, se você ainda não leu o artigo sobre planejamento financeiro, aproveite a oportunidade e faça uma leitura cuidadosa.

Utilize o início do ano para planejar-se, organizar-se, traçar novos objetivos e metas.

Dessa forma, você estará mais preparado(a) para as contas de início de ano, imprevistos ou outros compromissos financeiros.

Se já estiver pronto(a) para continuar, veja as dicas do SPC e outras do Organize Seu Bolso, especialmente para você.

 

IPTU e IPVA

planejar-iptu-ipva

Esses impostos sazonais fazem parte das contas de início de ano de grande parte da população.

Mesmo assim, muitos ainda se endividam para quitá-los, pois não se programaram devidamente durante o ano anterior.

Dessa forma, não têm nem como pensar em pagar a vista, com desconto. A única solução é pagar a prazo, e com certo sacrifício.

Quando você paga parcelado, são embutidas taxas de juros que, normalmente, superam os rendimentos de aplicações de renda fixa.

Portanto, planeje-se devidamente para pagar a vista, obter o desconto e não ter problemas depois.

A economista do SPC Brasil, Marcela Kawauti, sugere o seguinte:

O ideal é deixar a quantia separada de seus rendimentos mensais, assim o consumidor não cai na tentação de gastar o dinheiro com outras finalidades. – Marcela Kawauti

Ou seja, separe, todo mês, uma certa quantia para esse fim.

Uma maneira simples de saber quanto guardar todo mês é estimar o valor do imposto para o ano seguinte, com um pequeno acréscimo, e dividi-lo pelo número de meses que pretende fazer essa provisão: 12 meses, 8 meses, 6 meses e assim por diante.

Se o IPVA do seu carro foi R$ 800,00 no ano anterior, você pode guardar R$ 70,00 por 12 meses, R$ 105,00 por 8 meses, R$ 140,00 por 6 meses.

O melhor ainda é deixar esse dinheiro investido, pois assim ele renderá juros.

 

Material escolar

planejar-compras-material-escolar

Início de ano também é o período de comprar material escolar e fazer matrícula nas escolas.

Algumas enviam listas de material factíveis com a realidade, mas muitas parecem não seguir algo chamado bom senso.

Os pais tentam comprar tudo, muitas vezes seguem as vontades das crianças para ter cadernos e outros materiais de personagens famosos.

Se houver condição e previsão no orçamento familiar para gastar um pouco mais e satisfazer as preferências, então isso passa ser uma decisão dos pais.

Mas se a intenção é realmente economizar, é preciso seguir as dicas de forma mais atenta:

  • Pesquise e compare preços, tanto em lojas físicas quanto na internet. A variação encontrada pode chegar a 420%, segundo pesquisa do Procon-SP;
  • Evite materiais temáticos (filmes, personagens, etc.);
  • Combine com outros pais para irem juntos comprar os materiais, assim podem negociar um desconto maior;
  • Reutilize os materiais que sobraram e os uniformes, se possível;
  • Não deixe para comprar em cima da hora. Antecipe-se;
  • Converse com seus filhos a respeito da conservação dos itens a fim de evitar novas compras em pouco tempo;
  • Comece a economizar agora para as compras de material do ano que vem.

São dicas simples, mas que auxiliarão a diminuir as despesas com a volta às aulas.

 

Anuidades de Conselhos e Entidades de Classe

As cobranças de Conselhos e Entidades de Classe também assustam aqueles que não se prepararam devidamente para arcar com mais esse custo.

Por isso é indispensável planejar! Não há outro caminho para manter as finanças sob controle.

Fazer um orçamento familiar ajudará nessa questão. Portanto, não perca mais tempo.

Programe-se devidamente para que nenhuma conta abale suas finanças.

 

Consumidores endividados

planejar-consumidores-endividados

Por fim, para aqueles que já estão endividados, o caminho a seguir exige mais esforço, mas é possível sair da situação difícil.

No entanto, o sucesso depende da determinação da própria pessoa.

É preciso cortar gastos, economizar, rever hábitos e renegociar a dívida com o credor, a fim de obter condições mais adequadas à situação financeira.

Não adianta nada pagar uma dívida com cheque especial, por exemplo.

Nesse caso, é uma ação que fará a dívida aumentar cada vez mais, descontroladamente, devido aos altos juros dessa modalidade de empréstimo.

Se você está com uma dívida impossível de pagar e não conseguiu condições melhores com o credor, uma opção é buscar um financiamento para quitar esse débito.

Entretanto, é preciso fazer uma análise criteriosa dos juros cobrados na operação.

Se o consumidor estiver inadimplente no cartão de crédito ou no cheque especial, a substituição da divida é uma opção que compensa como último recurso, caso o inadimplente realmente não tenha dinheiro para quitar a pendência. Para isso, ele pode contrair um empréstimo pessoal ou consignado para quitar a dívida e assim, evitar que ela se transforme numa bola de neve. – Marcela Kawauti

Os juros de um empréstimo pessoal ou do consignado são muito menores que os do cartão de crédito ou do cheque especial, por isso é uma medida recomendada nessas ocasiões.

Em qualquer caso, não compare apenas as taxas de juros entre as opções de empréstimo e entre bancos, mas também o Custo Efetivo Total – CET, que inclui todos os encargos e despesas.

 

Recomendações finais

planejar-ação

A primeira delas você já sabe: planejamento!

É imprescindível olhar o ato de planejar com importância e como algo fundamental.

A partir do momento em que colocar isso em prática, perceberá sua vida ficar mais simples, seus problemas financeiros serão resolvidos com mais tranquilidade, consumirá com mais consciência, aprenderá a esperar, perceberá, na prática, os efeitos positivos de reservar recursos para obter algo.

Enfim, as vantagens são inúmeras! Mais uma vez, não deixe para começar amanhã.

Em breve tem Carnaval, Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Namorados… Clique aqui e comece a se planejar agora!

A economista do SPC ainda faz um último alerta:

A recomendação que fica é que o consumidor só deve usar o cartão de crédito se ele tiver certeza de que terá dinheiro para fazer o pagamento integral da fatura e estiver com seu orçamento em situação controlada. Renegociar a dívida é uma alternativa inteligente e necessária em muitos casos, mas não pode ser um vício. Dívida só se faz quando se tem consciência de que ela pode ser paga. – Marcela Kawauti

Conheça a sua realidade financeira e não gaste mais do que ganha. Esse é um princípio básico, mas nem sempre é seguido.

Conscientize-se!

Outra forte recomendação, para aqueles que desejam aprender a planejar com um pouco mais de profundidade, é o ebook As 5 etapas do planejamento financeiro, do prof. Elisson de Andrade.

Para ler a matéria completa, acesse o link. Você verá, também, como pode consultar seu CPF.

Comece 2016 de maneira diferente e construa um futuro melhor para você, sua família e suas finanças.

Fonte: SPC Brasil.