CONTA DIGITAL: A MANEIRA FÁCIL E PRÁTICA DE ECONOMIZAR DINHEIRO

A era digital chegou para ficar. Diversos setores já perceberam a necessidade de adaptação para não ficarem para trás e estão investindo pesadamente para atrair cada vez mais clientes, mas com oferta de serviços muito mais dinâmicos e interessantes.

Hoje em dia, por exemplo, é possível abrir uma conta digital em banco sem enviar nenhum documento físico e sem a necessidade de ir em alguma agência.

Praticidade, facilidade e interatividade são pontos fortes desse novo tipo de relação com o cliente. Não é à toa que cada vez mais pessoas estão aderindo a essas alternativas, a fim de ter tudo ao alcance de suas mãos, apenas com a utilização de seu smartphone, por exemplo.

Se você ainda reluta em utilizar os meios eletrônicos para fazer transações bancárias, ou tem receio em usufruir das funcionalidades de aplicativos, é hora de repensar seu conceitos.

Para isso, quero dar alguns depoimentos pessoais em relação a esses serviços, e como estou satisfeita com eles.

Nenhuma das citações a seguir significa que você deva encarar como recomendação de adesão ao serviço, tudo bem? É apenas a minha experiência compartilhada. E não ganharei nada com isso, então fique tranquila(o), pois minhas análises serão imparciais.

 

Conta Digital

Você já deve ter notado a mudança gradativa que as propagandas dos bancos tiveram ao longo dos anos.

Antigamente, ficava muito em evidência a questão de ir até a sua agência, falar pessoalmente com o gerente.

A publicidade atual possui outro foco: as vantagens de ter uma agência em sua própria mão!

A maioria dos bancos possui aplicativos para smartphone, por meio do qual você faz praticamente tudo, sem a necessidade de dirigir-se ao caixa eletrônico (a não ser que precise fazer saque, é claro) ou a uma agência.

Alguns bancos oferecem um tipo de conta totalmente eletrônica, sem incidência de nenhuma tarifa, também conhecida como Conta Digital. Entre os grandes bancos, cito o Itaú, com a iConta, e o Bradesco, com a DigiConta.

Até pouco tempo, também citaria o Pacote Conta Eletrônica (antigo Pacote Digital) do Banco do Brasil, que é o meu atual, mas esse pacote, nesses moldes, foi descontinuado pelo BB.

Mas o que significa a conta digital, afinal?

É uma modalidade em que é possível fazer quantas transações bancárias você quiser, tanto para o mesmo banco quanto para outros, sem que nenhuma tarifa seja cobrada, desde que tudo seja feito por meios eletrônicos: smartphone, tablet, internet banking ou caixa eletrônico.

Você pode fazer 50 TEDs num dia só, sem nenhum custo, por exemplo. Não há limitação.

Eu escolhi a conta digital porque não queria mais pagar tarifas bancárias e precisava ter vários TEDs disponíveis para realizar meus investimentos.

Assim, como já tinha conta no Banco do Brasil, fui até a agência e solicitei a adesão ao antigo Pacote Digital. Não tive muita dificuldade, ao contrário de várias pessoas que conheço, pois a maioria dos gerentes nem sabia como fazer o procedimento.

Porém, no final de setembro de 2016, o BB descontinuou o Pacote Conta Eletrônica para novas adesões. Logo em seguida, recebi uma mensagem do gerente dizendo que para permanecer como cliente Estilo precisaria mudar do Pacote Digital para o Pacote Estilo, de R$ 59,95.

Se eu escolhi ter uma conta digital é porque não queria pagar NENHUMA tarifa. Até parece que eu aceitaria pagar R$ 720,00 por ano apenas para continuar como cliente Estilo…

Até o momento, continuo usufruindo das vantagens do Pacote Conta Eletrônica, até que ele seja extinto de vez. O BB remodelou a sua conta digital e a transformou num “troço” chamado Conta Fácil, cheia de limitações e apenas para quem não possui conta ativa no banco.

Então, comecei a procurar outras opções. Poderia abrir uma iConta ou DigiConta, mas resolvi aderir a uma opção não tradicional. Abri uma conta digital em um Banco “pequeno”, o Banco Intermedium.

 

Banco Intermedium

conta-digital-intermedium

Caso queira saber informações sobre a instituição, acesse o site do banco, pois não entrarei nesses detalhes. Meu foco é falar da minha experiência ao abrir a conta digital.

Já adianto que fiquei muito satisfeita com a facilidade do processo e com a rapidez de resposta do banco.

Basicamente, instalei o aplicativo, segui os passos de preenchimento de informações cadastrais, aceitei a proposta, enviei uma foto com 5 assinaturas minhas, tirei uma selfie, enviei um comprovante de residência (na verdade, enviei uma declaração, de acordo com os termos da Lei 7.115/83) e fotografei a frente e o verso do meu documento de identificação. Pronto, simples assim.

Veja no vídeo a seguir todos esses passos bem explicadinhos:

Minha conta foi aprovada muito rapidamente. Recebi as informações da agência e conta em meu e-mail e logo acessei pelo internet banking para ver a “cara” dessa interface.

Abaixo, você pode ver algumas funcionalidades:

conta-digital-inicio

conta-digital-conta
conta-digital-investimentos
conta-digital-servicos

 

Ao fazer a Conta Digital Intermedium, você recebe um cartão Mastercard habilitado na função débito. Os saques, gratuitos e ilimitados, são feitos na Rede Banco 24 Horas.

Não sei se percebeu, mas tem ocorrido um maior compartilhamento de caixas eletrônicos entre os bancos. Na Rodoviária do Plano Piloto, em Brasília, todos os caixas eletrônicos do Banco do Brasil foram substituídos por caixas da Rede Banco 24 Horas. O mesmo ocorreu em outros pontos da cidade. Essa é a nova tendência.

Confira algumas funcionalidades bem bacanas:

– Pague Fácil

Fiquei muito animada com a ferramenta chamada “Pague Fácil”. Por ela, você emite boletos gratuitamente com o objetivo de transferir dinheiro para sua conta digital.

Perceba que isso abre inúmeras possibilidades de uso, desde transferência de recursos até pagamentos de serviços por terceiros.

Por exemplo, se você vende produtos ou possui um consultório, pode utilizar o Pague Fácil para que seus clientes e pacientes efetuem o pagamento. Bem legal, não é?

Veja como é fácil:

– Portabilidade

Outra funcionalidade que utilizarei em breve é a Portabilidade (que não é algo exclusivo do Banco Intermedium, você pode fazer portabilidade de salário para qualquer banco).

De posse do Termo de Portabilidade, levarei até a agência do meu banco atual para que se cumpra a transferência do salário, automaticamente e sem custos, para a minha nova conta digital.

Dessa forma, ficarei livre para fazer as transações necessárias sem cobrança de tarifas.

conta-digital-portabilidade

– Depósito de cheque por imagem

Outra funcionalidade interessante é o depósito de cheque por imagem. Basta tirar uma foto da frente e outra do verso do cheque, preencher as informações sobre valores e a melhor data para compensação.

*Para mais informações, acesse a seção de Perguntas e Respostas no website do Banco Intermedium.

Você está gostando deste artigo?

Então escreva seu e-mail abaixo e receba todas as novidades do blog gratuitamente!

Cartão de crédito sem anuidade

Para completar o time “sem tarifas”, não poderia deixar de falar de opções de cartões de crédito sem anuidade.

Quando você utiliza a função crédito de seu cartão do banco, possivelmente irá pagar uma taxa chamada anuidade, que pode aparecer parcelada em sua fatura, com ou sem descontos.

Durante um tempo, consegui ter isenção do meu cartão de crédito, mas no último ano não tive muito sucesso com a isenção total. E comecei a ficar incomodada ao ver as parcelas na minha fatura.

Então, mais uma vez, fui atrás de outras opções de cartão sem anuidade, e sem a dependência de volume de gastos. Poderia voltar a usar o Cartão Saraiva (utilizei durante muitos anos e gostei muito), o Santander Free ou Cartão Petrobras.

No entanto, conheci uma outra opção que me chamou a atenção, principalmente por não ter relação com banco algum: o Nubank!

Nubank

cartao-nubank

Gosto de opções fora da trilha tradicional e que carregam a inovação. Esse é o caso do Nubank.

É um cartão de crédito sem anuidade, sem tarifas e com canais 100% digitais. Para tê-lo, obrigatoriamente você precisa de um smartphone.

O pedido de cartão é feito via solicitação de convite. Para entender um pouco melhor como isso funciona, veja o vídeo abaixo:

Como foi mostrado no vídeo, quem recebe convite de amigos tem chances maiores de obter seu cartão.

Após essa etapa, em pouco tempo, normalmente, você receberá e-mail com um código de acesso para inserir pelo aplicativo de smartphone, caso a análise de seu crédito seja aprovada.

Então, basta seguir os passos, tirar selfie, fotos do documento de identificação, comprovante de residência (ou declaração, como citei acima), etc. Veja com mais detalhes no vídeo a seguir (é curtinho e bem divertido).

Meu cartão chegou bem rápido. Logo que comecei a usá-lo senti que não o largaria mais.

Pontos fortes identificados:

  • As informações das compras aparecem IMEDIATAMENTE pelo app;
  • É possível modificar a razão social ou nome fantasia do estabelecimento em que a compra foi efetuada para algo que identifique com mais rapidez;
  • O app localiza no mapa onde a compra foi efetuada;
  • É possível classificar as compras em categorias e acrescentar tags;
  • Há um botão de contestação em cada tela de compra, caso algo esteja errado. Veja como proceder aqui;
  • O acompanhamento dos gastos é dinâmico e fácil. Pode-se ver o total de compras dos últimos 15 dias, a média por dia, as despesas por categoria, os gastos mais frequentes e mais caros, o valor da fatura atual e o limite disponível para compras;
  • Pode-se modificar o vencimento da fatura e solicitar alteração de limite de maneira prática.

Por enquanto, o único ponto fraco que notei refere-se às categorias, que são fixas. Não é possível excluir ou acrescentar nenhuma (pelo menos não vi como).

Veja algumas telas do app, retiradas da página da Play Store:

nubank-01
nubank-02
nubank-03

 

Para conhecer mais informações sobre o cartão Nubank, clique aqui.

 

Conclusão

Acredito que você não goste de desperdiçar dinheiro, ainda mais com tarifas e taxas bancárias.

Por isso, mesmo que você não adote uma conta digital, procure meios de diminuir os seus custos bancários.

Dependendo do seu pacote de serviços, você pode economizar uma quantia considerável, que pode ultrapassar os R$ 800,00 por ano!

Considere a opção da conta digital com atenção, as vantagens são inúmeras, não só em relação ao dinheiro.

No entanto, reflita sobre as suas necessidades. Lembre-se de que você vai precisar se acostumar apenas com os meios eletrônicos para fazer suas transações.

Há 2 anos utilizo conta digital e não tenho nada a reclamar. Estou muito satisfeita por não pagar tarifas e fazer quantas transações bancárias eu quiser.

Também não perca mais dinheiro com anuidade de cartão de crédito. Há diversas opções disponíveis para você não deixar mais seus recursos escoarem por sua fatura.

Como disse no início, a era digital chegou para ficar. Evolua junto!


Ainda ficou com alguma dúvida? Escreva um comentário abaixo ou envie um e-mail para contato@organizeseubolso.com

Se essas informações foram úteis para você, compartilhe em suas redes sociais!

Não se esqueça de fazer seu cadastro abaixo para receber todas as informações do blog em primeira mão.

arrow